ArtePoesia

Rede Social de Poesias (artepoesia.ning.com)

Esta Rede Social foi criada com o objetivo de compartilhar pensamentos, poemas, frases, crônicas na língua portuguesa.

Últimas atividades

Rogério Machado é agora um membro de ArtePoesia
13 Mar
Willian Marques Gonçalves é agora um membro de ArtePoesia
10 Mar
Alexandre é agora um membro de ArtePoesia
15 Fev
BastosJV é agora um membro de ArtePoesia
11 Fev
Maria Vitória(Mavii) postou um status
""Meu primeiro amor foi a ilusão. Minha primeira ilusão foi imaginar que existe amor"."
7 Fev
Maria Vitória(Mavii) é agora um membro de ArtePoesia
7 Fev
Rebeca Lopes é agora um membro de ArtePoesia
6 Fev
Alberto Nicolau Reston Filho é agora um membro de ArtePoesia
31 Jan
ANTONIO CABRAL FILHO postou eventos
31 Jan
ANTONIO CABRAL FILHO curtiram o perfil de ANTONIO CABRAL FILHO
31 Jan
ÌwáSøto é agora um membro de ArtePoesia
26 Jan
Um poema de amor é agora um membro de ArtePoesia
25 Jan

Mensagens de blog

Garota, você é tão linda Mas não entendo o que você fala Não falo sua língua, e sua língua tá afiada Te falei uma pá de coisas lindas Você me disse nada Dona dela mesma, sem paciência Mas foi com a m…

Postado por Matheus Mendez Moraes em 8 janeiro 2017 às 19:22 0 Comentários

Garota, você é tão linda
Mas não entendo o que você fala
Não falo sua língua, e sua língua tá afiada
Te falei uma pá de coisas lindas
Você me disse nada
Dona dela mesma, sem paciência
Mas foi com a minha cara Continuar

E agora me vejo aqui,escrevendo versos para alguém que jurei nem pensar mais,mas do que adianta viver com um sentimento arraigado dentro de ti ? Deixe-o florescer,crescer,dar flores,frutos,e morrer t…

Postado por Poeta anônimo em 27 dezembro 2016 às 13:50 0 Comentários

E agora me vejo aqui,escrevendo versos para alguém que jurei nem pensar mais,mas do que adianta viver com um sentimento arraigado dentro de ti ? Deixe-o florescer,crescer,dar flores,frutos,e morrer tão rápido quanto uma paixão...

Continuar

Saudade

Postado por Karoline Mello em 17 dezembro 2016 às 15:53 0 Comentários

Ah!

Há quanto tempo que venho aqui?

Escrever algo, uma simples frase me parece nostálgico nesse cenário esverdeado. 

Finalmente volto as raízes que um dia deixei para trás.

Estou em casa.

Por favor qual é o segredo De ser e estar tão no meio Ser centralizado Pois para mim Tudo tem de ser exagerado Senão não existe Tudo ter de ser explícito Sem rabisco Ou então toralmente abstrato Ou é…

Postado por Pedro Augusto em 10 dezembro 2016 às 22:35 0 Comentários

Por favor qual é o segredo
De ser e estar tão no meio
Ser centralizado
Pois para mim
Tudo tem de ser exagerado
Senão não existe
Tudo ter de ser explícito
Sem rabisco
Ou então toralmente abstrato
Ou é invisivel
Ou totalmente aparente
Ou sabe
Ou não tente me ensinar
Ou quer
Ou não gosta
Então me ensine por favor
Qual é o seu segredo Continuar

© 2017   Criado por ArtePoesia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço