ArtePoesia

Rede Social de Poesias (artepoesia.ning.com)

Esta Rede Social foi criada com o objetivo de compartilhar pensamentos, poemas, frases, crônicas na língua portuguesa.

Últimas atividades

ANTONIO CABRAL FILHO comentou a postagem no blog Sem título de Biela Pimentel
9 horas atrás
ANTONIO CABRAL FILHO comentou a postagem no blog Vã Esperança de Thiago V
9 horas atrás
ANTONIO CABRAL FILHO comentou a postagem no blog Caminhando de William Souza
10 horas atrás
Posts no blog por ANTONIO CABRAL FILHO
10 horas atrás
marcello weihrauch é agora um membro de ArtePoesia
ontem
Emerson é agora um membro de ArtePoesia
quarta-feira
Thiago Carneiro do Amaral é agora um membro de ArtePoesia
10 Out
Karina Cardoso é agora um membro de ArtePoesia
7 Out
Maria é agora um membro de ArtePoesia
30 Set
Vitório Carvalho curtiu a postagem no blog Me tocas de Roots BR
23 Set
Vitório Carvalho curtiu a postagem no blog Me tocas de Roots BR
23 Set
Vitório Carvalho curtiram o perfil de Vitório Carvalho
23 Set

Mensagens de blog

Concurso Literário 1ª Antologia 200 Trovas Sobre Rapariga * Antonio Cabral Filho - RJ

Postado por ANTONIO CABRAL FILHO em 20 outubro 2017 às 14:58 0 Comentários

Concurso Literário 1ª Antologia 200 Trovas Sobre Rapariga

Antologia Brasil Literário

Editor: Antonio Cabral Filho -…

Continuar

Algo para anotar.

Postado por Vitório Carvalho em 23 setembro 2017 às 14:42 0 Comentários

"Se eu caminhando na rua
Uma poesia pensar,
Tenho que ter papel e caneta
Para ela eu poder anotar."
-Vit C.

Dois caminhos

Postado por Ester Regina Galvão Teodoro em 17 setembro 2017 às 16:52 0 Comentários

Um dia eu te encontrei

E eu nem sei quando

Porque por algum motivo

Eu ja te conhecia



Um dia, apenas um dia

Eu te vi

Me senti como flor

Que recebe água

Em tempos quentes



Um dia o seu caminho

Se tornou o meu

E nós planejamos

Andar juntos

Para sempre



Unidos, perdidos..

Juntos.

Largados magoados perdidos

Distintos



Porque tudo parecia tão perfeito

Quando eu criei personagens de… Continuar

Me tocas

Postado por Roots BR em 17 agosto 2017 às 1:08 0 Comentários

É como se

dentro de uma toca

pudesse te tocar

A toca em que

ninguém pode entrar

nem pensamento

Toca

onde conto

com o alento

(enganoso, é certo)

de te ter

sem culpa

sem erro

alma desnuda

corpo aceso

e envolto

em tua nuca

Queria eu

não sentir

esta poesia

não sê-la

em nenhuma medida

Queria você

E, na toca,

apenas,…

Continuar

© 2017   Criado por ArtePoesia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço