ArtePoesia

Rede Social de Poesias (artepoesia.ning.com)

Esta Rede Social foi criada com o objetivo de compartilhar pensamentos, poemas, frases, crônicas na língua portuguesa.

Últimas atividades

Jade postou um status
"Não seria eu se estregasse tudo, até meu amor por você se foi..."
segunda-feira
Ícone do perfilJade, Tovar Alff e Lucas Parente entraram em ArtePoesia
segunda-feira
Posts no blog por Lucas Parente
domingo
Heitor Rodrigues Luiz Esteves postou um status
"A transformação É em parte transformar E em parte Agir O Som da rima Vem sonorizar E a batida fluir Em qualquer tempo Sigo ouvindo O"
domingo
Heitor Rodrigues Luiz Esteves curtiu a postagem no blog Sem título de Seremusa
domingo
Posts no blog por Seremusa
sábado
Seremusa e Winter In My Heart agora são amigos
sábado
igu ツ curtiram o perfil de Júlia Ruiz de Souza
1 Dez
igu ツ curtiu a postagem no blog Revolte-se (Novo poema) de Maria Eduarda Campagnuci
1 Dez
igu ツ atualizaram seus perfis
1 Dez
Ícone do perfiligu ツ, Nobody Santos e Thiago Ribeiro entraram em ArtePoesia
1 Dez
Nobody Santos postou um status
"Saudades, o coração grita, ecoa na mente e o corpo sente."
1 Dez

Mensagens de blog

A vida que eu pedi a Deus

Postado por Lucas Parente em 4 dezembro 2016 às 21:43 0 Comentários

A vida que pedi a Deus
Não é tão complicada
Eu só quero amor e paz
Nada muito intricado

Quero viver de arte
E morrer feliz
Sentindo no coração
Que algo para o mundo eu fiz

Viver como Deus me fez
Sem nenhuma vaidade
Pois a vida que pedi a Deus
É simples, mas não de pouca qualidade

Não é difícil alegrar-me
É só dizer que é piada
Faço questão de rir
Mesmo sem entender nada

Correr. Correr. Correr. Nestes bosques com brumas tranquila da noçao do tempo. Sem fôlego. Descanso. Correr. Correr. Correr. Nos espinhos de uma rosa aproveitando a maresia ao meu redor.

Postado por Seremusa em 3 dezembro 2016 às 16:26 0 Comentários

Correr. Correr. Correr.

Nestes bosques com brumas tranquila da noçao do tempo.

Sem fôlego.

Descanso.

Correr. Correr. Correr.

Nos espinhos de uma rosa aproveitando a maresia ao meu redor.

Continuar

Nosso beijo

Postado por Duda em 24 novembro 2016 às 19:57 0 Comentários

 Como esquecer o beijo que você me deu? Se ele era tudo que eu desejava... Se até o dia para isso conspirava; Agradeço a sua astúcia; Ao esconder-me com doçura... E com um beijo doce em minha boca; Ter me levado às alturas. E hoje com o avanço de dias; Não me contenho em alegrias... Por ter ganhado esses beijos; Que mudaram todos os meus dias. E se sorte eu tiver; E a vida ajudar... A distância diminuir; E cada sentimento harmonizar, Em sua boca quero estar.

Amor Animal ..

Postado por Sonia Xavier em 27 outubro 2016 às 15:09 0 Comentários

Estou eu sozinha novamente implorando sua atenção mais por outro lado mais firme e forte sera que um dia veremos juntos a lua de novo? Você se encontra em outra orbita por que me deixas em brasas e me larga em lençóis frios em conversas evasivas e pensar que antes me queixava das grandes e grosas feridas e agora sinto saudades do meu teu amor selvagem até mesmo tua tranquila essência que demonstra me enfurece Aonde esta o Animal por quem eu me apaixonei o animal…

Continuar

© 2016   Criado por ArtePoesia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço